sexta-feira, março 24, 2006

Problemas

Há uns dias atrás, não sabia como reagir em relação a alguns problemas, umas vezes fugia, outras enfrentava os problemas de frente, mas depois arrependia-me… Agora estou melhor, decidi esperar pelo futuro, na esperança de que todos os problemas se resolvam da melhor maneira. Pode ser que sim, pode ser que não, ninguém sabe…
Não sei se é bom ou mau, mas quando alguém de quem eu gosto muito está a sofrer, eu sofro com ela, entrego-me de tal forma que parece que o problema é meu, mas, geralmente, eu não posso resolver o problema, então tento ajudar, de alguma forma, para que a pessoa fique melhor e, posteriormente, eu me sinta melhor também. Se, por acaso a pessoa está contente, eu estou também.
Quando gosto de uma pessoa, gosto mesmo! Entrego-me de corpo e alma àquela amizade. Tento que não seja um gostar excessivo, tenho medo que as pessoas se fartem de mim. Um dos meus maiores medos é a solidão, acho que já disse isso aqui… Apavora-me o facto de ficar sozinha, que as pessoas deixem de gostar de mim, por isso dou o meu máximo para que a nossa relação de amizade seja recíproca. Porém, na maioria das vezes, as pessoas não chegam a perceber o quão gosto delas. Detesto que tenham pena de mim e digo sempre, ou gostam de mim assim como sou, ou então paciência, porque eu não vou mudar. Secalhar é um erro meu, mas é o que eu penso.

Todos os problemas acabam por se resolver, quando estamos muito tristes, basta esperar, a tristeza vai se embora, mais cedo ou mais tarde e vem algo ainda melhor. Porque a vida também é feita de problemas e eu acredito, que de uma maneira ou de outra, todos se resolvem! ;)

3 Comments:

Blogger Jay said...

andas muito pensativa ultimamente.

02:55  
Blogger Liliana said...

Eu também sou como tu... não sei se é bom ou mau. Mas muitas vezes é mesmo mau...

Fazes bem em pensar asso, é que é mesmo assim... a tristeza vem, mas também se vai. Se fossemos sempre felizes não davamos tanto valor às coisas ;)

13:41  
Blogger Rui deOliveira said...

Quanto a mim só há dois tipos de problemas:

Os que não têm solução

Os que têm solução

Quanto aos primeiros, não vale a pena preocuparmo-nos com eles... não têm solução!

Os segundos só podemos fazer o que nos compete para os resolver!

Quanto aos dois... não vale a pena sofrer por antecipação, quando chegarem logo se vê!

02:04  

Enviar um comentário

<< Home