domingo, fevereiro 12, 2006

Amigos?

São mais as vezes em que me sinto sozinha, do que, na realidade, as vezes em que me sinto entre amigos, com quem posso sair, conversar, etc. Isto de não ter muitos amigos é chato, triste, melhor dizendo! A culpa, em geral, é minha, porque nunca fui uma pessoa muito sociável, devido à minha timidez, se bem que já tive bem pior, e, também, porque dizem que não tenho um feitio muito bom, deve ser por causa do signo (escorpião), ou então não sei…
Agora, com 18 anos, olho para trás e vejo que não fiz muitas amizades. Na maioria das vezes, quando é suposto a malta da minha idade sair, ir ao cinema ou outras coisas que é costume, eu estou em casa, geralmente na net ou a ver televisão, ou a estudar, claro, que também é preciso de vez em quando. A maioria dos filmes que estreiam no cinema eu não vejo, ou porque simplesmente não tenho companhia, ou porque a companhia não me agrada. Parece que sou muito selectiva nas amizades… não gosto muito de ser assim. Tenho sempre a ideia de que as pessoas não vão com a minha cara e cada vez mais começo a acreditar que sim.
Os meus poucos amigos, uns estão longe, outros perto em distância, mas longe de mim.
Assusta-me o futuro. Tenho muito medo da solidão.
Quero que, daqui para a frente, as coisas sejam melhores e que eu consiga fazer novos amigos, essencialmente por mim, que de vez em quando também mereço. Não me quero arrepender mais do que não fiz…

5 Comments:

Blogger Liliana said...

:( Eu sinto-me exactamente como tu!! É triste...
Mas olha, tens 18 anos... mas isso não quer dizer que não consigas mudar o que fizes-te até aí. Ou melhor, não quer dizer que os outros mudem a opinião sobre ti. Não te culpes de nada, porque se os outros não vão com a tua cara, o problema está neles e não em ti. Eu conheço-te, e desde a 1ª vez que começámos a falar que sempre gostei de ti, e cada vez comecei a gostar mais, e hoje posso mesmo dizer que te considero uma das minhas melhores amigas.
Se os outros não gostam de ti, "caga" neles, porque são muito burros e não valem a pena.
Espero que continues sempre a ser a pessoa que és, foi isso que mais me interessou em ti... tu és diferente, mas pela positiva. Não és uma pessoa qualquer igual às outras, tens um interior e uma forma de pensar muito própria que eu admiro muito.
Não te deixes substimar por causa dos outros.
Adoro-te miga, e qualquer coisa... já sabes! Apesar de morar um pouco longe de ti, se precisares de mim diz-me... eu farei tudo o que conseguir para te ajudar.

E amigos da Carolina.... leiam bem, não vão encontrar uma pessoa assim facilmente, por isso aproveitem, pois ela vale muito do que a maioria pode pensar!...

Boa sorte para o teu presente e futuro, que tenho a certeza que será melhor que o teu passado!!

(desculpa o testamento)

********************************

22:42  
Blogger Rui deOliveira said...

Amiga Bounty,

Parece-me que todos passamos por uma fase assim. Também eu já estive aí. Quanto a mim, o facto de querermos que algo mude na nossa vida, já está a colocar algo em movimento que faz com que as coisas se alterem na realidade. Força nisso, a vida é tua, faz dela o teu sonho.

Um grande abraço!

01:52  
Blogger Jay said...

Concordo com o rui. Todos passamos por essas fases. Eu sou como tu. Não saio, nao vou ao cinema ha mais de 6 anos e contam-se pelos dedos as vezes k fui. Tb sou selectivo com os amigos. Mas sabes, os amigos estão lá. Mesmo longe (alguns ;P ) mas estão. Em relação a te sentires assim, deixo-te uma das minhas frases preferidas ( ais uma vez do Scubs) "Nothing sucks more than feeling all alone... no matter how many people are around."

beijinhos***

10:36  
Blogger ana_ab said...

"Mal nos conhecemos
inaugurámos a palavra amigo.
Amigo é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo,
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece
Um coração pronto a pulsar
na nossa mão.
(....)
Amigo é o erro corigido,
Não o erro persegido, explorado
É a verdade partilhada, praticada.

Amigo é a solidão derrotada!

Amigo é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil
Amigo vai ser,é já uma grande festa!"

No Reino da Dinamarca
Alexandre O`Neill

14:45  
Blogger ana_ab said...

...para além da minha pequena família, só tenho duas verdadeiras amigas...as que contéem verdadeiramente este poema...fisicamente longe, são quem sempre está mais perto quando tenho problemas.
esquece isso da "solidão",continua selectiva e não percas tempo com quem não merece.

14:51  

Enviar um comentário

<< Home