terça-feira, setembro 13, 2005

Eu ligo-te quando me esquecer de ti!

Sonhei um dia escrever-te uma carta, para me, talvez declarar, entre outras coisas parvas que poderia escrever. Sim, digo parvas, porque desde que te conheci começo a achar que o amor não é mais que palavras lamechas ditas entre beijinhos e abraços fortes. Eu gosto muito mais de abraços, os abraços transmitem muito mais sentimentos. De ti não quero nada disso, já quis, confesso!...ok, secalhar ainda quero e tenho medo de admitir. Conversa confusa esta que te conto, entre paredes de sistemas informáticos, cheios de coisas para dizer, mas sem sentimentos a declarar. Não sei como começar, apesar das linhas tortas que escrevi.
Sabes, agora quando olho para ti já não sinto o mesmo que sentia à tempos atrás, e que tempos esses!...eu ainda pensava que podia ser feliz contigo! Oh, como eu era ingénua na altura! Tenho pena que entre nós não tenha dado certo, o burro foste tu, tinhas uma rapariga que gostava de ti e que fazia tudo o que quisesses, como sempre desejas-te, agora azar, procura uma parva qualquer que satisfaça os teus desejos, mas que não te ame de verdade.
Foste o único por quem me apaixonei, porra que sina a minha, tinha logo que me apaixonar por ti e ainda por cima até te achava o homem mais bonito à face da terra, ai...e não é que a paixão cega mesmo as pessoas...!
Agora o destino vai, forçosamente, separar-nos. Fico mais aliviada, mas ao mesmo tempo tenho pena!
Eu ligo-te quando me esquecer de ti!

P.S. : Arranja um telemóvel decente!!!!

5 Comments:

Blogger Jay said...

:| ainda bem k não era eu!! :S Mas realmente!! o burro foi ele! :S

22:33  
Blogger _Morgaine_ said...

É assim mm, gaja!! :) Grande moça, esta!!! Opá...foste mesmo burro!! :/

23:46  
Blogger Liliana said...

Não precisas de um telemóvel decente, o que tu precisas é de um cerebro decente.
Mas asério, quem perde é ele...
E mais uma vez...belo texto amiga! ;)

17:21  
Anonymous Anónimo said...

Conselhos: Eles, garantidamente, não gostam de «tinhas uma rapariga que gostava de ti e que fazia tudo o que quisesses». Gostam de mulheres independentes, seguras e com a vida muito ocupada.
Vai por mim.
Motherblog

17:33  
Anonymous Anónimo said...

Conselhos: Eles, garantidamente, não gostam de «tinhas uma rapariga que gostava de ti e que fazia tudo o que quisesses». Gostam de mulheres independentes, que possam admirar e respeitar, seguras e com uma vida ocupada (ginástica, visitas, aulas de música, aulas de línguas, estudos, faculdade, etc.)
Vai por mim!
;) Motherblog

10:08  

Enviar um comentário

<< Home